Pular para o conteúdo principal

Paula


E deu vontade de dar uma pequena pausa nos estudos e descansar um pouco, fazer alguma coisa legal, aproveitar melhor o tempo. Fazia tempo que não pegava um livro, tenho dois que deixei pela metade e quero voltar a ler. Enquanto isso, escolhi Paula, da Isabel Allende. No momento mais difícil da sua vida, quando a escritora via sua filha doente, internada em um hospital público de Madri, usava caneta e papel para desabafar, para se comunicar com a filha que não podia escutá-la, contar os fatos marcantes da sua vida desde a infância, a força das mulheres da família, a complicada história do Chile e seu amor pelo país, a crença em previsões, relações amorosas e tudo mais. Já li mais de 200 páginas e apesar de abordar um tema delicado e triste, que é a doença da filha, o livro não é dramático, pelo contrário, é muito bonito, uma leitura fascinante. Recomendo!

A partir de agora vou reservar um tempinho para ler, ir ao cinema, fazer coisas divertidas. Só vou dedicar as 24 horas do dia aos estudos quando realmente sair um edital que me interesse. Por enquanto, estudar entre uma e duas horas por dia é suficiente.

Comentários

Lu disse…
Oiiii...
NEm me fale, preciso me organizar tb, ler, cinema...fazia tempo q não ia fui domingo ver o Ritual, gostei.
Dar uma pausa de vez em qdo é bom, recarrega as baterias.
Tu ta estudando para que?
Bjs
Lu
Giovana disse…
Oiii...

O livro deve ser mto bom msmo!!

Bjs!
Waris Dirie disse…
Olá minha querida...

Passando para te informar que está a decorrer no meu blog o 1º sorteio...uma forma de agradecer a todas as meninas pela presença assídua e carinhosa lá no meu bloguinho!

Aproveito também para te desejar um maravilhoso fim-de-semana e tudinho de bom....

Beijinhos com muito carinho...
***Taia*** disse…
Oi!

Tenho verdadeira paixão por livros, me inspiram, me dazem rir e chorar, adoro!

Bjus
Liza Barros disse…
Eu gosto dos livros da Isabel Allende.
Linda brigado pelo carinho viu.Olha te deixo aqui o link do ursinho,ja q vc gostou.
http://www.pageplugins.com/generators/teddy_bear/

bom fim de semana. bjs.
Rose Light disse…
Oi! Vim retribuir a visita e conhecer seu cantinho. Uma das minhas metas para 2011 é ler mais, é uma vergonha mas tenho preguiça. Beijinhos e bom domingo.

Postagens mais visitadas deste blog

Filmes que Quero Assistir

O Melhor Professor da Minha Vida (França) Aos 40 anos, o professor François Foucault leciona no renomado Liceu Henri IV, perto do Panthéon de Paris. Devido a uma série de eventos, ele é obrigado a aceitar a transferência de um ano para uma escola no subúrbio da cidade e teme que o pior possa acontecer. trailer aqui.
O Estado das Coisas (EUA)- Brad (Ben Stiller) possui uma carreira lucrativa e uma vida familiar feliz, mas isso não é o bastante. Ele está obcecado em ser o mais bem-sucedido entre os seus ex-colegas de escola, mas, durante um reencontro com um velho amigo, ele é forçado a ignorar seu sentimento de inferioridade e rever seus conceitos. Trailer aqui.

Sim, Eu Adoro Cursos a Distância

Nos últimos meses descobri e fiz vários cursos e, sem dúvida, os meus preferidos são EAD. Conheço muita gente que não aceita essa modalidade de ensino. A minha chefe diz que eles não querem dar aula!! Diariamente explico para alguém por que eu gosto tanto de cursos a distância, então resolvi postar também aqui os motivos:
Não precisa perder tempo (e dinheiro!!) com deslocamento.
Dá para assistir aos vídeos e ler os textos em qualquer horário.
Se você não entendeu o que o professor disse, pode assistir quantas vezes precisar.
Em cursos de formação ou de longa duração, geralmente há chats e um fórum e a oportunidade de expressar as opiniões e interagir com os colegas é igual para todos.
Não precisa perder 20 minutos das aulas ouvindo aquele colega comunicativo chato e exibido que não para de falar sobre a vida dele e de toda a família e não deixa mais ninguém falar.
E outros 20 minutos com trabalhinhos em grupo, que na verdade duram 5 minutos e depois todo mundo começa a conversar sobre assun…

Um Sábado de Muita Chuva

De vez em quando precisamos de um dia inteiro em casa, sem obrigações.