Pular para o conteúdo principal

2012 Foi Bom!


Durante um período do ano, andei bem desanimada, mas não fiquei de braços cruzados. Resolvi acordar a tempo e ir atrás de mudanças. Claro que algumas coisas demoram para acontecer, mas em geral, o ano foi bom! Conheci pessoas interessantes e alegres, aprendi, consegui resgatar muitas coisas boas que estavam esquecidas, descobri que os meus interesses são muito mais amplos e diversificados do que imaginava, enfim, foi um ano de crescimento.

Não vou fazer lista de 100.000 coisas para 2013, apenas aquela listinha bem básica que está ali em cima. Com trabalho, dinheiro e saúde, o resto fica simples e fácil.

Comentários

Pedrita disse…
o meu 2012 tb foi um bom ano. semrpe é bom estar com os amigos, ampliar horizontes. mais felicidade e conquistas em 2013. beijos, pedrita
Oi amiga, Feliz Natal e Ano Novo tambem, para voce.
ai ke pra 2013 eu só kero ser normal..rs... mas faço minha retrospectiva dia 31 kkkkk.. bjo lindeza
Bruna disse…
Meu 2012 não foi tão legal quanto ao seu, mas vou fazer o possível para alcançar minhas metas em 2013.

Feliz natal e feliz ano novo!
Elvira disse…
Meu 2012 foi mais ou menos mas espero que o ano que vem seja melhor.

Bjs.
Elvira
Ana disse…
Meu 2012 foi bom no final das contas, mas acredito que 2013 será bem melhor :)
Bjs e sucesso em suas metas!
Ana Paula disse…
Que bom! Um feliz 2013 para você!
Lulu disse…
Meu ano não foi legal em 2012, mas tenho fé que 2013 será melhor.
Big Beijos e feliz ano novo
Nayara Oliveira disse…
Meu ano também foi de crescimento. Ganhei minha filha mais nova com muita luta e amadureci muito!! Estou firme na dieta e descobrindo o que me faz feliz! É um ano de descobertas, sim...e muito bom!

Vamos que vamos que 2013 nos espera, lindona!!

Bjos

www.paranayara.blogspot.com.br
Adriana Balreira disse…
É o 2012 não foi o dos melhores para mim, mas vamos em frente. Só quero que o 2013 seja bem melhor e que eu mude muitas coisas em mim. Foco, isso mesmo, foco!!!
Feliz Natal e um 2013 maravilhoso!!
Beijos
Adriana
Claudia disse…
Oi querida!
Adorei sua lista, concordo com ela.
Que vc tenha um 2013 simplesmente fantastico
Bjks mil

http://blogdaclauo.blogspot.com.br/
Pra avaliar 2012, prefiro ter a certeza de que 2013 será muito melhor.

Feliz Ano Novo!

Postagens mais visitadas deste blog

Filmes que Quero Assistir

O Melhor Professor da Minha Vida (França) Aos 40 anos, o professor François Foucault leciona no renomado Liceu Henri IV, perto do Panthéon de Paris. Devido a uma série de eventos, ele é obrigado a aceitar a transferência de um ano para uma escola no subúrbio da cidade e teme que o pior possa acontecer. trailer aqui.
O Estado das Coisas (EUA)- Brad (Ben Stiller) possui uma carreira lucrativa e uma vida familiar feliz, mas isso não é o bastante. Ele está obcecado em ser o mais bem-sucedido entre os seus ex-colegas de escola, mas, durante um reencontro com um velho amigo, ele é forçado a ignorar seu sentimento de inferioridade e rever seus conceitos. Trailer aqui.

Sim, Eu Adoro Cursos a Distância

Nos últimos meses descobri e fiz vários cursos e, sem dúvida, os meus preferidos são EAD. Conheço muita gente que não aceita essa modalidade de ensino. A minha chefe diz que eles não querem dar aula!! Diariamente explico para alguém por que eu gosto tanto de cursos a distância, então resolvi postar também aqui os motivos:
Não precisa perder tempo (e dinheiro!!) com deslocamento.
Dá para assistir aos vídeos e ler os textos em qualquer horário.
Se você não entendeu o que o professor disse, pode assistir quantas vezes precisar.
Em cursos de formação ou de longa duração, geralmente há chats e um fórum e a oportunidade de expressar as opiniões e interagir com os colegas é igual para todos.
Não precisa perder 20 minutos das aulas ouvindo aquele colega comunicativo chato e exibido que não para de falar sobre a vida dele e de toda a família e não deixa mais ninguém falar.
E outros 20 minutos com trabalhinhos em grupo, que na verdade duram 5 minutos e depois todo mundo começa a conversar sobre assun…

Um Sábado de Muita Chuva

De vez em quando precisamos de um dia inteiro em casa, sem obrigações.