quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Numa dessas lojas famosas...

Enquanto aguardava na fila para pagar, vi uma mãe com a filha de uns 16 anos, com uma camiseta na mão, perguntando para a vendedora se tinha tamanho GG. Automaticamente, ela respondeu que naquela coleção não tem GG porque é moda jovem. Sim, eu ouvi isso!! A vendedora não tem culpa, obviamente, mas fiquei pensando no pessoal da equipe que cria, desenha e lança as coleções. Eles não têm família, não andam na rua, nunca passaram na porta de uma escola? No mundo deles só as magrinhas têm vez? Provavelmente, eram daqueles que na oitava série colocavam apelido nos colegas e riam de tudo o que achavam diferente.

Na moda para adultos, criar coleções separadas, com blusas horrorosas, estampadas, também é uma maneira de excluir. Tanto se fala em direitos iguais, diversidade, espaço para todos, mas na prática ainda falta muito, muito mesmo.

26 comentários:

Cristina TI disse...

Ola querida...
Quero agradecer tuas visitas ao meu Blog...vim aqui conhecer o teu.
Sabe que fui a uma agencia de empregos e preenchi a ficha...la pedia altura e peso...quer dizer que cuidam isso tbem ne...mas nunca sonhei que pediam...pense antes eu colocaria 98kg...ja descartariam...senhor!!
abraçao

Elaine Regiani disse...

Essa exclusão já é sem tempo...por isso que tem gente faturando alto. Criando moda bonita plus size...Quem quiser ficar estagnado, que pare no PP. Porque o mundo está gordinho, gordo e obeso sim...e gordinho consome, compra, paga...azar de quem não enxergar isso!!!
Bjks!!

Josi Carneiro disse...

Disse tudo viu, também fico muito chateada ao ir comprar roupa, a cada 10 lojas 1 tem a que te serve, somos sim colocadas de lado e isso é um fato muito triste, espero que um dia isso seja equilibrado, seria bom pra muita gente!

Mari ♥ disse...

Nossa que putar***, desculpa o palavriado haha mas é verdade, tem um marca a Abercromie (acho que é assim haha) não faz roupa para gente acima do peso ou gente de classe "mais baixa" ¬¬' porque o criador falou que a roupa é para gente TOP na BA-LA-DA ¬¬

Ah toma no fiofó né mew
Ai eu fico muito brava com isso!

AI humpf HUMPF
haha
Ótima semana pra vc :D

Fabi Sereia disse...

Oiee!Conheço uma loja bem famosa em Poa que tem no máximo 42..é muita discriminação e as roupas são bem carinhas por sinal...chega a dar um negócio na gente...

Kah disse...

É amiga, isso tudo é triste, pq parte do princípio que existem milhares de pessoas obesas, umas lutando contra e tentando se tonar mais "adequadas" e outras que se amam e se curtem gordinhas, e o que falta é respeito!! Bjos

http://kah-mudandoaminhavida.blogspot.com.br

Brunna Duarte disse...

Sofri com isso a adolescência toda e sei que dói. A sociedade não aceita os gordinhos e nem disfarça... =/

Luma Rosa disse...

Oi, Bruxinha!!
Muito bem posto! Aliás, não sei como as lojas vendem... percebe que as araras estão cheias de manequim 38 a 42? Será que não percebem que acima disso vendem rapidinho?
Beijus,

Teresa Isabel Silva disse...

Concordo contigo! Infelizmente a "moda" parece só ser feita para as magras, e as gordas tem que ficar com aquilo que as restantes se recusariam a usar! É um abuso!

Bjxxx

Joanna disse...

ei!
realmente é triste q a sociedade seja assim tao ignorante, ne?!
sera q esse conceito ridiculo nao vai mudar nunca?!
bjos

Graci disse...

Parece q fofinha so tem q usar lençol enrolado.. não é assim, mesmo acima do peso gostamos de nos vestir bem e ficar confortáveis nas roupas...
essa mentalidade tem q mudar...
bjs

Mi disse...

Obrigada pelo comentário lá no meu blog, respondi lá mesmo!

Olha... eu moro numa cidade que já foi considerada polo de confecções. E quase caio dura quando percebo que em pleno ano de 2013 (às portas de 2014!!!) tem fábrica que faz peças "tamanho único". Que tamanho é esse, afinal? Ok, eu sou única, mas todo o mundo, todo o planeta, também o é. E dentro das nossas diferenças, os tamanhos logicamente serão diferentes também!

Outra coisa que me mata de ódio é a falta de padronização nas roupas. Exemplo: eu tenho calças 38, 40 e 42. Admito que a 38 entra apertadíssima. Mas entre as 40 e 42 não vejo quase diferença nenhuma! E, pra ajudar, essa numeração dá diferenças berrantes entre um lugar e outro. Na dúvida, quando vou comprar roupas, já experimento as "M" e "G" e calças 40 e 42.

Ninguém quer tocar no assunto dos gordos. Ninguém quer resolver de fato. Ninguém quer contar a verdade sobre a indústria alimentícia, não dá lucro. E isso me deixa doida também. Mesmo não estando gorda, confesso que fico preocupada em como a cabeça das pessoas acima do peso devem ficar diante de um mundo que te obriga a ser magérrima, mesmo com TUDO conspirando contra. Foda...

Beijos e bom resto de semana! (E desculpe pelo comentário gigante... hehehehe)

Luana disse...

Amiga sofro com isso sempre!!
As vezes entro numa loja pra ver roupa pra dar pro meu marido!
E as vendedoras nem me atende!!!
E quando atende ja fala nao tem seu numero!!
nossa isso acaba comigo!
mas enfim!!!!!! agora ja entro nas minhas lojinhas de gordinhas ai me realizo!!!
beijos amore!

Moro em um Kinder Ovo disse...

Ótimo tema e você poderia incluir mais uma situação - acima do peso e acima da idade. Aí, é um verdadeiro calvário porque as pessoas acham que só podemos vestir azul marinho e marrom.

Aline Canteiro disse...

isso me lembrou um trauma de infancia:
Eu tinha 13 anos e já era bem cheinha, ia acontecer uma festa de aniversario, meu pai muito fofo me levou pra comprar uma roupa nova na loja de roupas infantis de uma amiga, me deixou lá com essa amiga e disse pra ligar quando tivesse escolhido. Nenhuma calça da loja me serviu, nem as tamanho 16 que são as maiorzinhas pra "criança". A amiga me pegou pela mão, atravessamos a rua e eu escolhi numa loja adulta uma calça jeans linda(não lembro o numero) mas calça de adulto que precisaria de barra pra tirar mais de um palmo de calça!

Poxa! Eu nem era a mais gordinha da turma! Quem usava as roupas ditas como infantis então?!!!

Charmosa Poli disse...

Bah! Essa coisa de coleção é uma coisa, é bem o que tu descreve. Esses que criaram não pensam na coleção jovem atual.

Beijos
Poli

Anônimo disse...

emagreci 20 kilos e ontem, em predio de confecção em copacabana, as calças de academia G não me cabiam. Estou no peso certo e trabalhada na musculação. O q eu faço????

Adriana Balreira disse...

Que coisa desagradavel! Absurdo mesmo isso de descriminar a moda para os tamanhos maiores. Parece que pessoas que estão acima do peso não podem andar na moda, ficarem lindas! Não, pois só fazem coisas horriveis para elas. Muito chato isso. Esse pessoal de moda deve morar em um aquário só com esqueletos, só pode!
Beijos
Adriana

Projeto Corpo Violão disse...

Oiiii

É horrível isso!!!

Eles esqueceram que tem muitas pessoas que gostam de moda e não tem opções.

Abraços
Grazi

Marcela - "A casa da gordinha" disse...

eu fui magra a té uma certa idade uns 19 anos, mas sempre fui grandona de quadris largos e pé grande e , minhas blusas mesmo magras sempre foi gg, minha mae tinha loja e mesmo assim quando a gente ia comprar p revender era uma tortura, por ter um biotipo mulherão, não achava roupa fácil, quando achava eu comprava de monte!
quando cheguei aos 104 kilos, por incrível que pareça não sofri, simplesmente achei uma loja com preços acessíveis que fabricava roupas p mim , minha mae ja não tinha mais loja e eu aprendi a me adaptar e a entrar em "lojas certas" não pago mais caros, olho araras de lojas populares dessas mesmo de 12,00 por alto e se tem algo q me atrai, como uma camisa azul que comprei esses dias, experimento e levo, como entro em lojas dessas como marisa, renner e dou uma olhada, se vejo araras de tamanho minimos sem meu tamanho real, evito perguntar,a não ser que vejo q tem um numoro q tá proximo do meu e poder ter laguma peça no estoque guardada isso sempre acontece! enfim, tem muita gente despreparado no mercado de trabalho p esse setor, eu tive mãe com loja, trabalhei em comercio e atendo gente até hoje, e tem q se ter tato... aprendi a ter meu tato p comprar p não ficar perdendo tempo e sair frustrada dos lugares e assim, falo na cara do vendedor que ele esta atendendo mal caso aconteça... no caso citado eu teria falado p vendedora que ajudasse a encontrar algo entao q desse certo para o que elas estavam procurando...
nossa falei muito...
beijosss

Bah disse...

Eles já criam esse estigma de que adolescentes têm que estar na moda e a moda das passarelas.

Kisu!

Nayra Kelly disse...

Ola...o duro é que é assim mesmo... axo que é preconceito sabe!
é horrivel vc chegar numa loja e ver que não tem roupa GG pq o universo acha que o padrao de beleza ideal é magreza.
o universo ainda tem que mudar mto em quesito a padroes de beleza!
bjos

Micha Descontrolada disse...

sim, infelizmente é assim.

Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα ツ

Liliane de Paula disse...

Essa sua análise, corretíssima é de compradora, consumidora.
Mas se vc fosse empresária não pensaria desse jeito, certamente.

Cottage Regressiva disse...

Nossa, mega concordo. Primeiro que acho que de qualquer forma, vendedor deveria ter treinamento especial para lidar com o público sempre. Por outro lado é bastante sem lógica essa noção dos padrões atualmente. Quanto às roupas para obesos, fico escandalizada. Depois perguntam porque abuso do preto. Abuso, pois nunca vi um super obeso ficar bonito com as estampas absurdas que colocam no mercado. É uma falta de sensibilidade ou criatividade ou de um pouco de interesse na verdade. Quem tem interesse, conseguiria facilmente pesquisar nossas necessidades e colocá-las em prática... Bom fim de semana

Cristiane Fonseca disse...

Esse é um assunto bem tenso. Todo mundo aqui já passou por algum desconforto quanto a isso.

Sabe que eu tava pesquisando preço e medidas para camisas pro meu blog (só sonhando, porque o custo é alto e eu nao tenho condções para investir nisso...) mas eu tava pesquisando os tamanhos P M G GG... e as confecções são realmente pequenas.

Minha intenção era fazer confecções maiores, para a pessoa acima do peso se sentir bem vestindo um tamanho G por exemplo, nao sendo necessario um GG... enfim..

Mas não encontrei nenhuma que fizesse... analisei as medidas, e meu tamanho que é G.. nessa confecção teria que ser GG... desanimador!!!

O mundo tem que mudar! enquanto isso a gente vai mudando para servir no M pelo menos kkkkk

beijus bruxinha... e eh um absurdo mesmo!!

Bom final de semana amore!!!