Pular para o conteúdo principal

Um Filme Por Dia no Varilux

Esta está sendo uma das melhores edições do Festival Varilux de Cinema Francês e, provavelmente, também a melhor divulgação. Tenho visto sala cheia e muita fila, coisa que só costuma acontecer com filmes de ação, títulos da moda ou indicados ao Oscar.

Escolhi bem, até agora gostei de todos, grandes produções e elencos maravilhosos. É curioso como ainda é comum, dentro e fora dos blogs, pessoas dizerem que a mídia só mostra o lado arrumadinho e romântico da Europa. Realmente, não sei o que elas assistem para pensar isso.

O Festival trouxe filmes com fortes críticas sociais, bons exemplos são Hipócrates, que narra a primeira experiência prática de um jovem médico em um hospital, com algumas cenas até difíceis de assistir e De Cabeça Erguida, que acompanha o crescimento do jovem Malony.

                           
Vale destacar o genial Que Mal Eu Fiz a Deus. Muito humor para abordar temas delicados e atuais como racismo e preconceito. Tem tudo para estrear e agradar, 

Comentários

Pedrita disse…
aqui em são paulo filme francês costuma lotar. e dá muitas matérias na imprensa. eu não consegui ver nada. muitos eventos esse fim de semana. não fui ao cinema. as pessoas usam muitas frases repetidas que dificilmente combinam com a realidade. espero em algum momento conseguir ver esses filmes. beijos, pedrita
Liliane de Paula disse…
Esse festival está passando aqui.
Só que é do outro lado de onde moro.
Para chegar lá, o trânsito é de enlouquecer.
Anotei os nomes dos filmes e vou vê se vejo algum.
Liliane de Paula disse…
Esse festival está passando aqui.
Só que é do outro lado de onde moro.
Para chegar lá, o trânsito é de enlouquecer.
Anotei os nomes dos filmes e vou vê se vejo algum.
Betty Gaeta disse…
Tirando "Amelie Poulain", nunca consegui gostar de cinema francês. Acho um pouco lento. Ainda vou tentar novamente para ver se me adapto ao ritmo dos filmes franceses.
Bjs

Postagens mais visitadas deste blog

Sim, Eu Adoro Cursos a Distância

Nos últimos meses descobri e fiz vários cursos e, sem dúvida, os meus preferidos são EAD. Conheço muita gente que não aceita essa modalidade de ensino. A minha chefe diz que eles não querem dar aula!! Diariamente explico para alguém por que eu gosto tanto de cursos a distância, então resolvi postar também aqui os motivos:
Não precisa perder tempo (e dinheiro!!) com deslocamento.
Dá para assistir aos vídeos e ler os textos em qualquer horário.
Se você não entendeu o que o professor disse, pode assistir quantas vezes precisar.
Em cursos de formação ou de longa duração, geralmente há chats e um fórum e a oportunidade de expressar as opiniões e interagir com os colegas é igual para todos.
Não precisa perder 20 minutos das aulas ouvindo aquele colega comunicativo chato e exibido que não para de falar sobre a vida dele e de toda a família e não deixa mais ninguém falar.
E outros 20 minutos com trabalhinhos em grupo, que na verdade duram 5 minutos e depois todo mundo começa a conversar sobre assun…

Filmes que Quero Assistir

O Melhor Professor da Minha Vida (França) Aos 40 anos, o professor François Foucault leciona no renomado Liceu Henri IV, perto do Panthéon de Paris. Devido a uma série de eventos, ele é obrigado a aceitar a transferência de um ano para uma escola no subúrbio da cidade e teme que o pior possa acontecer. trailer aqui.
O Estado das Coisas (EUA)- Brad (Ben Stiller) possui uma carreira lucrativa e uma vida familiar feliz, mas isso não é o bastante. Ele está obcecado em ser o mais bem-sucedido entre os seus ex-colegas de escola, mas, durante um reencontro com um velho amigo, ele é forçado a ignorar seu sentimento de inferioridade e rever seus conceitos. Trailer aqui.

Um Sábado de Muita Chuva

De vez em quando precisamos de um dia inteiro em casa, sem obrigações.