Pular para o conteúdo principal

Filme do Sábado - Fome de Poder

Acabei de chegar do cinema e para hoje escolhi o ótimo Fome de Poder (The Founder), que mostra como o Mc Donald's se tornou o que é. Gosto de conhecer histórias de marcas famosas e aqui o protagonista é daqueles que provocam muita raiva e ao mesmo tempo admiração. Por mim, poderiam fazer muito mais filmes mostrando a origem dos produtos dessa e de outras redes.

Sinopse do site GNC Cinemas:
A história da ascensão do McDonald's. Após receber uma demanda sem precedentes e notar uma movimentação de consumidores fora do normal, o vendedor de Illinois Ray Kroc (Michael Keaton) adquire uma participação nos negócios da lanchonete dos irmãos Richard e Maurice "Mac" McDonald no sul da Califórnia e, pouco a pouco eliminando os dois da rede, transforma a marca em um gigantesco império alimentício.

Comentários

Margô disse…
Parece ser incrivel! Tb adoro esse tipo de filme *××××*
Luli Ap. disse…
Olá Bruxinha tudo bem???
Gosto bastante desse tipo de filme.
Acho interessante conhecer como surgiram as marcas e a história por trás dessas marcas, as biografias e a narrativa até os dias de hoje.
Esse então deve ser bem interessante já que vc diz que há momentos em que admiramos o protagonista e outros em que sentimos raiva dele!
Bjs Luli

Café com Leitura na Rede


✿ chica disse…
Parece um bom filme! Sorte quando os achamos! bjs, lindo domingo! chica
Liliane de Paula disse…
Eu gosto muito de Michael Keaton.
Acho que ele consegue fazer coisas diferentes com postura diferentes.
Vou esperar que aparece em vídeo.
Ruby disse…
Nunca mais fui ao cinema, planejei até, mas a gripe veio ferrando, adiei. Michael Keaton tá bem raro em filmes, eu acho. Também gosto de filmes que contam a origem de marcas famosas.
Luana disse…
muito legal parece o filme hein!
otima dica
beijos lindona
Emma Oliveira disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Emma Oliveira disse…
Legal a noção de que o nome "McDonald's" foi um fator importante pro sucesso do negócio. Mas uma coisa ainda mais básica que o filme não explica é em relação às receitas e ao sabor dos lanches. Em 2016 houve estréias cinematográficas excelentes, mas o meu preferido foi a Fome de Poder por que além de ter uma produção excelente, a história é linda. Inclusive, achei que é um filme ideal para se divertir e descansar do louco ritmo da semana. Eu gosto da forma em que ela esta contada, faz a historia muito mais interessante e boa.

Postagens mais visitadas deste blog

Filmes que Quero Assistir

O Melhor Professor da Minha Vida (França) Aos 40 anos, o professor François Foucault leciona no renomado Liceu Henri IV, perto do Panthéon de Paris. Devido a uma série de eventos, ele é obrigado a aceitar a transferência de um ano para uma escola no subúrbio da cidade e teme que o pior possa acontecer. trailer aqui.
O Estado das Coisas (EUA)- Brad (Ben Stiller) possui uma carreira lucrativa e uma vida familiar feliz, mas isso não é o bastante. Ele está obcecado em ser o mais bem-sucedido entre os seus ex-colegas de escola, mas, durante um reencontro com um velho amigo, ele é forçado a ignorar seu sentimento de inferioridade e rever seus conceitos. Trailer aqui.

Sim, Eu Adoro Cursos a Distância

Nos últimos meses descobri e fiz vários cursos e, sem dúvida, os meus preferidos são EAD. Conheço muita gente que não aceita essa modalidade de ensino. A minha chefe diz que eles não querem dar aula!! Diariamente explico para alguém por que eu gosto tanto de cursos a distância, então resolvi postar também aqui os motivos:
Não precisa perder tempo (e dinheiro!!) com deslocamento.
Dá para assistir aos vídeos e ler os textos em qualquer horário.
Se você não entendeu o que o professor disse, pode assistir quantas vezes precisar.
Em cursos de formação ou de longa duração, geralmente há chats e um fórum e a oportunidade de expressar as opiniões e interagir com os colegas é igual para todos.
Não precisa perder 20 minutos das aulas ouvindo aquele colega comunicativo chato e exibido que não para de falar sobre a vida dele e de toda a família e não deixa mais ninguém falar.
E outros 20 minutos com trabalhinhos em grupo, que na verdade duram 5 minutos e depois todo mundo começa a conversar sobre assun…

Um Sábado de Muita Chuva

De vez em quando precisamos de um dia inteiro em casa, sem obrigações.