sexta-feira, 21 de abril de 2017

Filme do Feriado - A Cabana

Queria assistir alguma coisa alegre e leve, mas a única opção no horário era esse, bem dramático, inspirado em um livro que eu detestei e nem consegui terminar de ler!!!!! Fui sem esperar muito, estava achando bem chato, com um protagonista bonitão que não convence, mas... depois de um tempo, com a Octavia Spencer e um ótimo ator israelense que eu não conhecia, começa a prender a atenção. Ao contrário do que pensava,não tem nada a ver com religião e deixa várias mensagens, principalmente sobre viver o presente e valorizar o que temos. Saí do cinema feliz por ter assistido. Já entrou para a minha lista de adaptações para o cinema que ficaram melhores do que o livro.


11 comentários:

✿ chica disse...

Que bom gostaste! Ainda quero assistir! bjs, lindo fds! chica

Nani Fonseca disse...

Legal!

Nani Fonseca disse...

Legal!

Pedrita disse...

puxa, eu tinha muito pé atrás. se vier pra tv a cabo vou ver se assisto. beijos, pedrita

Luli Ap. disse...

Olááá Bruxa
Ooowwwnnnn acho que sou a única pessoa no mundo literário que não leu (ainda) esse livro :/
E olha que apesar de gostar (e muito)do protagonista Sam Worthington e da Octavia Spencer achei que tinha a pegada da religião!
Agora com sua indicação me animei a assistir e quero conferir essa adaptação :)
Ótimo fds pra ti
Bjs Luli

Café com Leitura na Rede

Anne Jaqueline disse...

Uma ótima opção para o feriado!
Beijos
Vidrinhos & Feminices
Fanpage
Instagram

Isa Sá disse...

Vou tomar nota!

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Liliane de Paula disse...

Surpresa de saber que não tem pegada religiosa, que não gosto.
Octavia Spencer é sempre muito boa.
Não li o livro.

Assisti "Rara" o filme chileno que vc comentou.
Gravei e já desgravei.
Gostei muito.
Não entendi porque o nome do filme é esse se a menina adolescente se chama Sara.

Jennifer Gama disse...

Que legal, essa semana comecei a assistir serie no Netflix estou amando a que escolhi Drop Dead Diva.

Gisley Scott disse...

Olha, assim como você, eu tb "broxei" com o livro e os 4 e 5 parágrafos utilizados para descrever que o céu era azul kkkkkkkkkkkk( isso me matou no livro!). Vou dar uma chance ao filme quando chegar em DVD. Gostei da sua análise.
Beijos!
http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

Tay Ribeiro disse...

Não consegui terminar o livro também, e quero muito ver o filme para mudar minha ideia
Beijos
http://lolamantovani.blogspot.com.br